Sem Título-1.png

Daqui do meu cais eu observo o oceano do feminino, sendo eu mesma parte destas águas. De observar - a mim mesma e às outras de nós - hora doo, hora recebo de tantas candeias acesas noutros barcos e noutros portos de tantas mulheres. Recebo e compartilho. 
 
Este é meu propósito feito realidade.

Aline Paranhos

03102019-_DSC0774.jpg

Foto: @ligiafrazaofotografia 

Trilha profissional: 

 

Terapeuta Alternativa certificada pela ABRATH 11771

Guardiã do Portal de Ritos Sagrados na Escola dos Sagrados Saberes Femininos na

Terra de Mulheres

Palestrante na Convenção de Bruxas e Magos de Paranapiacaba 2022.

Professora na Extensão Universitária dos Saberes Femininos Aplicados

Pós-graduanda em Saberes Femininos Aplicados

Artesã de poções mágicas em forma de produtos fitoenergéticos

 

Aluna da Escola de Perfumaria Ancestral de Palmira Margarida

Runóloga formada pelo Céu Rainha da Nova Era, com Glória Frighetto 

Terapeuta do Feminino pelos Saberes Femininos Aplicados

Bruxa Natural aluna da Casa de Bruxa, com Tânia Gori

Ex-integrante da primeira equipe de doulas voluntárias num hospital privado do Brasil (Hospital da Luz), sob supervisão do Panapaná Feminino

Congressista no Siaparto em 2018 e 2019

Participante do Workshop Spinning Babies com a Ginny Phang

Facilitadora do Aleitamento Materno pela ComMadre

 

Doula formada pela ComMadre 

 

Sou ainda Secretária Executiva de formação e carreira, pós-graduada em Língua Portuguesa. Atuo há mais de 18 anos no secretariado e vejo com orgulho as minhas antecessoras amigas de profissão como as desbravadoras que inseriram as mulheres no campo corporativo.

 

Recentemente, iniciei um projeto chamado Secretariado Subversivo, que traz reflexões lúcidas sobre o Secretariado e sobre a minha trajetória nessa profissão tão revolucionária.

 

 

 

A parte da minha história que me trouxe até aqui... 

Meu trabalho com as mulheres floresce das histórias de nascimento das minhas duas filhas, não por acaso duas meninas, Melissa e Mirela. 

Quando engravidei da Melissa, primeira filha, pensei milimetricamente em cada detalhe do pré-natal, enxoval etc., mas não me preparei para o parto nem para o aleitamento. Tive uma cesárea desnecessária e não consegui amamentá-la. O "não amamentar" foi dolorosíssimo. Frustrante, limitante. Não me senti uma mãe completa por muito tempo (hoje sei que fui e sou uma mãe e tanto)

Grávida da Mirela, contratei uma doula muito especial, a Aline Tessesine (que não atua mais na área), figura essencial na minha preparação para o que viria. Me informei muito com Aline através de suas falas e indicações de leitura e documentários. Fiz acompanhamento com uma equipe de parto humanizado e vivi a incrível experiência do VBAC ou PNAC (parto normal após cesárea).

 

Me apaixonei pelo universo da humanização. E, ó: amamentei até os 3 anos e 8 meses e dei muito mingau de banana com leite MATERNO para a minha primeira filha, trazendo cura para aquela velha frustração.

 

Estudar a fisiologia do parto, entender a relação entre o cenário obstétrico e o silenciamento da força feminina, admitir que fui ludibriada no nascimento da Melissa, ressignificar tanta coisa e me perceber como mulher, bicho, fêmea, natural, natureza, capaz de parir e nutrir minha cria foi muito potente. A partir daí, tornar-me doula foi o caminho natural para mim.

 

Em sendo doula e tendo vivenciando de perto a força de outras mulheres, foi também natural para mim seguir nos caminhos do Sagrado Feminino. Mergulhei em estudos e rituais e ampliei meus atendimentos para as mulheres para além do ciclo gravídico-puerperal, através de saberes ancestrais e das ferramentas de terapias holísticas que utilizo hoje. 

Vamos trocar pessoalmente ?

(11) 94186-9006

ou se preferir:

  • Instagram - White Circle

Em breve retorno o seu contato!

Deixe aqui seu email para receber a minha newsletter. Prometo enviar somente conteúdos úteis e de amor <3

Gratid&atilde;o !!!